sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Vivendo em uma cidade densa

2016 terminara em aproximandamente 24 horas. Para a maioria de nos, eh um alivio psicologico, porque mesmo sabendo que pouco muda de um dia para outro, este ano ficou marcado como um dos mais dramaticos que se tem lembranca. Nao houve uma guerra mundial, felizmente, mas muitos paises estao em guerra civil, acidentes aeros , terrestres e  maritimos em todo momento e grandes artistas deixando este mundo caotico para outro quem sabe, caso exista, possivelmente melhor.

De todas formas , espero que 2017 seja um ano com mais sensatez, sensibilidade e mais coerencia.  O caos parece prevalecer em todos os ambitos da nossa vida. Nao ha nada que pareca funcionar direito. Nao importa onde voce esteja, sempre havera coisas que nao tem logica, ao menos dentro de nossa percepcao.   Londres esta se tornando uma cidade demasiadamente populosa, densa e irritante. Muito menos agradavel em comparacao ao que era antes.  Ha mais opcoes de restaurantes, mais transporte, mais bares, mais eventos culturais, sim, mas tudo esta sempre mais cheio. Ha momentos que eu canso de tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo e sinto vontade de desaperecer por uns tempos. O transito esta cada dia pior e isso nao eh privilegio somente de Londres. Mas me pergunto ate onde isso vai. A velocidade media hoje nas ruas eh de 9 km por hora.

Muitos pensam em vir para ca para fujir de uma realidade muito pior do que a nossa aqui. Londres eh uma cidade incrivel, com oportunidades profissionais e sociais em todo lado, mas o nivel de competicao e diretamente proporcional.  Se sentir invisivel aqui eh normal. Em meio a tanta coisa, as vezes nos sentimos pequenos e insignificantes perdidos neste oceano de acontecimentos.  SP eh uma cidade grande, mas aqui a sensacao de ser um fantasma eh muito maior.  Continuo a ter Londres em meu coracao, mas cada vez que necessito pegar um metro lotado, ficar preso no transito ou fazer fila para comprar algo basico me da uma sensacao de que talvez meus dias em metroples estejam contados. Por outro lado, dentro de minha area profissional nao vejo melhor opcao, no momento, mas se eu analisar bem,  quem sabe considero  outra alternativa onde exista  mais espaco porque aqui a tendencia eh ficar cada vez mais superpopulosa.

Gosto de ser realista quando falo desta cidade. Nao desencorajo ninguem a vir, jamais, mas gosto de apresentar os fatos como eles sao.


Um otimo 2017 e que seus sonhos se realizem, onde quer que esteja!

*****Para um pouco de humor, deixo aqui o link do meu novo curta metragem, uma comedia romantica.

https://vimeo.com/195467132


Nenhum comentário:

Postar um comentário