quinta-feira, 23 de maio de 2013

Comparando diferentes realidades






E natural ,  interessante e saudavel fazermos  comparacoes entre o lugar onde vivemos e outros que visitamos . Atraves  da comparacao podemos  melhorar aquilo que nao achamos bom, ou ao menos tentarmos dentro das possibilidades e realidade local .Ha razoes economicas, sociais e na maioria das vezes culturais que praticamente impossibilitam que certas caracteristicas que admiramos em determinada sociedade  sejam incoporadas pela sociedade onde vivemos. Quando fazer comparacoes  se torna uma constante em nossas vidas isso pode nos tornar infelizes  porque o ideal que criamos em nossas mentes  dificilmente existe. Costumo  pensar que paraiso na terra nao ha. Nao existe um  lugar 100% perfeito .  Cada lugar tem seus pontos fortes e fracos, dentro daquilo que esperamos.  Minha vida toda tenho vivido este dilema. Como ja morei em varios paises desde minha infancia e em culturas muito distintas entre si  sempre tive o costume de comparar o que eu achava melhor ou pior. Isso sempre me colocou numa condicao um pouco incomoda porque sempre me perguntei porque aquilo que eu gostava em um lugar nao podia encontrar no outro. So hoje compreendo as razoes e estas estao ligadas diretamente a historia de cada nacao.

Quando penso por exemplo em tudo que encontro vivendo em Londres agradeco verdadeiramente por poder usufruir uma pequena fracao de tudo que esta a minha disposicao. E gostaria de compartilhar essa sensacao com todos. Mas muitas vezes as pessoas nao entendem exatamente aquilo que eu vivencio  aqui ja que nao existe paralelo de comparacoes com o Brasil . E nao me refiro a apenas a tecnologia , mas  habitos, costumes que temos, maneira de fazer certas coisas. Eu considero um enorme erro afirmar que esta cidade e fantastica apenas pela riqueza cultural e economica. Nada acontece do acaso. Londres nao e o que todos vem por ser uma cidade apenas rica. Existem cidades  muito desenvolvidas em toda parte que nao tem destaque, nao atraem multidoes em busca de trabalho, lazer e curiosidades. Existe aqui uma combinacao especial historica que propiciou que esta cidade se tornasse uma das mais interessantes do planeta. Por isso que por mais que se tente copiar certos exemplos positivos dessa cidade dificilmente poderiamos implantar o mesmo no Brasil. Ha toda uma bagagem historica que nao pode ser desconsiderada. Como meu objetivo nao e fazer uma abordagem historica, ate porque nao sou um especialista no assunto, apenas queria levantar alguns pontos que tornam Londres especial e porque certas virtudes nao se encontram em outros lugares

Exemplos a seguir que fazem enorme diferenca:

1)    Uso de automoveis: aqui se usa muito menos e se da muito menos valor a ele. Tanto que um automovel perde valor na velocidade  que uma pipoca se torna velha e nao pode mais ser vendida. Carros no Brasil sao caros nao apenas pelos impostos, mas pelo valor de status que  eles representam. Nao e nada comum que alguem que voce mal conhece lhe perguntar que carro tem. Acho que aqui jamais alguem me perguntou isso. Muitos homens nem sabem dirigir na verdade. Aqui nossa classe social nao e avaliada tanto em relacao ao  que temos, mas que fazemos.Naturalmente se voce mora em um bairro tradiconal isso conta, mas estudar em escolas tradicionais ou frequentar certas atividades culturais nos colocam em outro patamar. Ser novo rico e ostentar e visto como muito mau gusto. O excelente transporte publico aliado a seguranca nas ruas inibem o uso do automovel o tempo todo. Ficar andando de carro em circulos para atrair atencao das pessoas e algo que nao existe aqui. Tirando alguns que curtem andar com seus conversiveis em dias de sol ( e ate nublado) nao se ve nada parecido ao que eu via no Brasil.
2)    Privacidade : Cuidar o que o vizinho esta fazendo, ou olhar as pessoas como se vestem ou com quem andam ou pior ainda, comentar sobre a opcao sexual ou raca sao coisas que nem se cogitam. Quem faz isso em geral sao os latinos. Asiaticos nao tem esse habito e nem europeus. A indiferenca aqui em relacao a vida do outro e notoria.
3)    Futebol: agora vou deixar muitos de queixo caido. Acham que aqui se perde 3 h discutindo o sexo dos anjos ? distutindo time A ou B? acham que os ingleses sao fanaticos por futebol? Acham que esta cheio de hooligans fanaticos por futebol? Resposta e NAO!!  Aqui se gosta de futebol, como se gosta de Ruby, natacao, golf, etc. Futebol e APENAS  mais um entre milhares de esportes que existem. Classes altas tendem a curtir Rugby enquanto as classes mais populares futebol, mas nem sempre e tao rigida essa regra. Tenho amigos de classe media alta que gostam de futebol. E raro ver mulheres em estadio.  A diferenca daqui e  que amigos nao ficam uma tarde toda num  churrasco brigando, ironizando , comparando time A ou B. Sao mais logicos e menos emocionais. Eles discutem mais a questao tecnica e breves comentarios. Posso falar isso com certa autoridade porque tenho muitos amigos ingleses e frequento a casa deles e participo da vida social. Jamais vi dois amigos ridicularizando o time adversario, nem de brincadeira. E os hooligans? Bom, esses nao gostam de futebol, estes amam bagunca, eles sao na maioria torcedores de alguns poucos clubes de classes bem baixas como WEST HAM e MILLWALL e estao acabando pouco a pouco. A seguranca e tao grande aqui que ja nao conseguem fazer tanta baderna pois sao pegos antes mesmo de entrarem nos estadios.
4)    Diversidade esportiva.  No Brasil vemos o futebol, volley surf e alguns outros esportes da moda, como corrida,  so que o futebol predomina e deixa pouco espaco para amantes de outros esportes que nao tem a mesma penetracao na midia nem a valorizacao devida. Aqui voce vai a um parque e vera gente jogando rugby, criquet, futebol, tenis, basquete, corrida, squash, sem contar que se joga hockey no gelo, patinacao, etc.e todos na mesma proporcao. O proprio golf que e um esporte fantastico e muito praticado aqui na europa ( ha campos em todo lugar) e visto como esporte de ricos no Brasil.  Golf nao e esporte de ricos, qualquer um pode praticar. Voce tem uma otima estrutura  no varejo que permite que existam lojas especializadas que vendem artigos de todos esportes que voce possa imaginar. A Dechatlhon e uma dessas lojas que tem tudo e isso ajuda muito a incentivar a pratica de novas atividades esportivas e nao restringir a apenas um esporte de massas. Bela iniciativa deles. Vivendo aqui aprendi a esquiar, jogar golf,  jogar touch(tipo rugby)  e isso me abriu a mente para outros mundos dentro do esporte.
5)    Pegacao em festas: Longe de ser puritano,  mas me chamou muito a atencao de ver que por mais doidas que as pessoas se comportem nas baladas  de tanto alcool no corpo jamais testemunhei pessoas de grudando, se beijando nos cantos dos clubes e bares. Voce vem um ou outro, mas esse costume de “ficar” e ate transar de primeira, com alguem que voce nunca viu antes e bem menos comum, ate nos lugares mais propicios a isso. Certamente isso acontece, mas absolutamente nada perto do que existe no Brasil . Voce ve mais gente enlouquecida  que nem nota sua presenca  de tao “altas” de bebidas ou drogas , bebendo, ou dancando com seu grupo.
6)     Falta de flexibilidade: E bom ou ruim?  Eu diria que meio termo e sempre bom, mas aqui nao se aplica essa regra. O que esta escrito e o que vale. Bom senso as vezes falta, mas nao tem como mudar isso. E um dos pontos que as vezes me irritam, mas quando vejo que as coisas funcionam por causa disso fico quieto. No Brasil pecam por excesso e aqui por falta. Acho que ainda  prefiro a falta, mas gostaria que mudassem um pouco isso. Ser multado por estacionar numa area proibida faltando apenas 1 minutos pro seu tempo e demais, mas e como eles entendem as regras.

7) PUB: nao e bar..e local de encontro, e o mesmo que sua sala de estar. E aqui que marcamos aniversarios, despedidas, encontros, namoramos, etc. aqui tudo acontece, e o espaco mais democratico que pode existir e onde a vida acontece de forma intensa. convidar alguem que voce mal conheceu para ir a sua casa nao existe. Tudo fica marcado no PUB. e pela bebida que voce bebe diz muito de voce tambem. Ha pubs de turistas, de locais, de executivos, mas todos sao sempre bem vindos em qualquer  pub, sem disticao.salvo execoes que eu ja escrevi a respeito em outro post.

Espero ter dado uma breve nocao de algumas diferencas que encontramos aqui, embora existam milhares que so mesmo escrevendo muitos livros.