quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

O mercado de trabalho em Londres


Entre os assuntos que mais recebo questionamento atraves deste blog e sobre o mercado de trabalho. Todos querem saber se encontrarao trabalho facil e em que poderiam trabalhar enquanto estudam.  Acho dificil responder de forma direta e precisa porque e uma incognita saber o dia de hoje quanto mais o de amanha. Este tema exige uma analise e uma abordagem muito mais cuidadosa e muito bem embasada em fatos para nao sermos tao pessimistas e nem excessivamente otimistas.

O mercado de trabalho em todo o mundo esta numa grande transformacao. A crise economica existe, e fato, mas ela e muitas vezes hiperdimensionada, e essa e uma critica pessoal que eu faco de todos os meios de comunicacao que se alimentam dos dramas e tragedias humanas . Se voce levar ao pe da letra o que os jornais ingleses escrevem sobre o escaco e super competitivo mercado para os jovens recem formados, voce e capaz de entrar em depressao profunda e mudar de pais. Eu sou daqueles que nao ligam a minima para o que os jornais ou a midia relatam sobre a crise a nao ser que o assunto me traga algum fato realmente importante. No modelo de sociedade em que vivemos hoje sempre havera falta de trabalho para todos se todos continuarem a buscar os mesmos trabalhos. Existem infinitas possibilidades de  ocupacoes profissionais, mas as massas preferem seguir os que estao se dando bem ao inves de buscarem algo inusitado, diferente e que crie a  sua propria fatia de mercado, independente da situacao da economia geral.  Quer um exemplo tipico da falta de visao das pessoas? E isso se aplica aqui em Londres ou em qualquer outra cidade do mundo.  Voce ve um salao de beleza abrir em sua rua e este comeca a ter sucesso. Em alguns meses pode apostar que em sua rua havera muitos outros  pequenos saloes, um  menor do que o outro tentando roubar parte da clientela do que primeiro se estabeleceu. Voce vai reclamar  da falta de uma boa padaria em sua rua e pensara, porque tantos saloes e nenhuma padaria?  Por que alguem nao pensou em abrir algo que nao existia? Falta de criatividade. Falta de visao de empreendedorismo. E mais facil copiar o modelo de alguem do que criar o seu proprio negocio. Usei um exemplo bem comum, mas isto se repete em todos os segmentos profissionais. E o que dizer da obsessao com concursos publicos?  E daquelas meninas que sonham em ser modelos  ou meninos que querem ser jogador de futebol porque podem ganhar milhoes sem ter concluido o ensino fundamental.  Existem modelos de negocios  e profissoes que por terem sucesso nao siginifica que todos que apostarem no mesmo terao as mesmas vantagens.  Cada um tem um dom e cada um tem suas abilidades a serem exploradas. Copiar os outros por achar que terao o mesmo sucesso sem nenhum conhecimento de suas proprias  potencialidade e ingenuidade e  uma grande perda de tempo e dinheiro.  Aqui em Londres eu cito o exemplo de um amigo gaucho que vende milhares de churros por final de semana numa banca do mercado de Greenwich porque ele foi o primeiro a ter essa ideia, mas alem disso, usou seu carisma para  manter seu publico fiel e manteve a qualidade de seu produto . Nao me surpreenderia se logo alguem aparecesse  no mesmo local tentando fazer a mesma coisa ao inves de tentar ofecer um outro tipo de produto original.

Sempre digo que Londres nos abre os olhos para muitas outras oportunidades que jamais haviamos vislumbrado em nossas vidas. Eu jamais pensei que um dia trabalharia no segmento internacional do mercado imobiliario e com  producao de musica. Quando vivia no Brasil minha area era consultoria de linguas.  Interessante observar que muitas  vezes a necesssidade nos faz aceitar uma condicao diferente daquela que estamos habituados e a vida nos faz ver que temos muitas outras abilidades escondidas  ou atrofiadas  e que atraves da nossa dedicacao florescem quando menos esperamos.

Tenho visto muitos se sentirem mais felizes aqui trabalhando como assistente em eventos do que como advogados no seu pais de origem. As razoes podem ser muitas, como dinheiro, ambiente, horario, etc. mas isso demonstra que podemos nos realizar e sentirmos satisfeitos profissionalmente fazendo coisas que jamais imaginamos e que fogem das profissioes tradicionalmente consideradas “nobres”.

Aqui em Londres sou agente  e produtor de uma DJ-  DJ Kerol Garcia  e uma cantora de MPB/Jazz/ Bossa Nova , Silvia Abelin  , que acaba de lancar um video promocional (que voce podera assistir em HD aqui). Ambas sao  jovens brasileiras, muito talentosas e dedicadas e que apesar de estarem ha alguns anos no mercado ainda estao trabalhando duro para conseguirem seu espaco.  Vida de musico nao e simples e nem mesmo quando chegam a serem famosos as coisas se tornam simples, pois  dai entra a luta para nao cairem no esquecimento. Elas seriam um exemplo ,entre muitos outros ,de brasileiros que vieram buscar um outro ambiente para se realizarem  e amadurecerem profissionalmente e pessoalmente e pouco a pouco comecam a ver novas oportunidades .   Seja em Londres ou em Sao Paulo, ou onde puder imaginar, o primeiro passo para comecar como musico, artista ou qualquer outra carreira e descobrir seu grande diferencial, descobrir quem precisa de voce e tracar um plano de acao para chegar onde quer.

Portanto, antes de me perguntarem se o mercado  estao ruim aqui, fica a pergunta: depende O QUE voce faz E ONDE  voce quer atuar. Posso dizer que  esta ruim para quem  quer ser consultor financeiro onde ja tem milhoes de consultores brigando pelo mesmo cargo e bancos e empresas fechando, esta ruim para dentistas onde ja tem dez  para cada habitante, esta  pessimo para corretores de imoveis onde tem dezenas de agencias no mesmo bairro. Seja racional e realista perante sua decisao e veja se o que voce gosta e sabe fazer se adequa ao mercado onde voce pretende explorar. Se ja esta saturado e mesmo assim pretende arriscar, sem problemas, mas mostre seu diferencial.O segredo simples e sempre achar QUEM e  ONDE  esta seu publico e depois MOSTRAR  a ele que voce faz diferente.

Lembrei da cancao  do Milton Nascimento que dizia: “ todo artista tem que ir aonde o povo esta”
Espero sinceramente que voce encontre seu espaco, se ainda nao o encontrou,  nao importa onde estiver.
Boa sorte!