Saturday, 10 September 2011

O lado frustante de viver em Londres


De tempos em tempos eu paro de escrever para esperar alguma inspiracao sobre que assunto abordar e foi o que aconteceu nestes dois ultimos meses e so agora me veio a vontade de falar sobre algo que me incomoda um pouco.

Cada vez que saio pela cidade sempre descubro algum lugar que jamais havia visto e que me surprende. Quando dou dicas sobre que lugares visitar eu priorizo aqueles que nao sao tao alvos de turistas embora eu sempre aconselhe a conhecer primeiramente aquelas pontos mundialmente conhecidos, como Tower Bridge, Casa do Parlamento, Big Ben, London Eye ,etc. Faz parte do roteiro turistico, mas com o tempo voce acaba se interessando e gostando muito mais destes lugares longe das multidoes de turistas. Como em toda grande cidade e normal que certos picos da moda mudem de area e quem gosta de seguir as tendencias acaba se perdendo um pouco porque e um mundo de opcoes e informacoes que tornam esta tarefa muito dificil. Num mesmo dia voce pode ter dezenas de shows de nivel internacional acontecendo assim como feiras de ruas e de negocios, festivais de rua e de musica, pecas de teatro, lancamento de filmes, eventos corporativos e eventos esportivos. Ontem caminhando pela Tower Bridge em poucas horas pude ver que num raio de algumas centenas de metros varios eventos privados estavam acontecendo em hoteis, restaurants , yates na marina e mesmo na rua .

E um desafio viver nesta cidade e nao se sentir frustado por nao poder participar nem de 1% de tudo que existe a nossa disposicao . Muito mais do que condicoes financeiras para poder fazer parte de tanta coisa o fator tempo impossibilta estar presente ao mesmo em tantos acontecimentos interessantes. Eu que gosto de saber o que acontece na cidade sinto na pele esta frustacao e tento ao menos poder usufruir um pouco destas opcoes. Ja aconteceu de numa mesma noite tres bandas que eu curto desde minha adolescencia estarem tocando em locais diferentes e tive que optar por uma apenas, sabendo que nao iria ver tao cedo as outras. Acho muito estranho quando vejo pessoas jovens principalmente que vivem aqui e tudo que fazem e trabalhar o dia todo e voltar pra casa para ficar na Internet ou ver TV. Nao seria o caso apenas da falta de dinheiro,porque ha inumeras atracoes que nao custam absolutamente nada e outras tem custo ate razoavelmente baixo. Mas a questao aqui sao os interesses e ha pessoas que despedicam a grande oportunidade e sorte que e poder estar numa mega cidade onde tem quase tudo para todos os gostos. Confesso que me doi saber que tem tanta gente ai no Brasil que sonha em vir para ca e poder aproveitar Londres e er outros que estao aqui e nao valorizam isso. Muitos brasileiros, estudantes ou que vem so para trabalhar acabam entrando num espiral de trabalho –casa e maximo um churrasco de fim de semana com seus amigos “brasileiros” e se voce pergunta o que eles fizeram ou que conhecem de Londres voce ira se chocar pois nao sabem absolutamente nada que va alem do circulo de eventos da comunidade brasileira. Estas pessoas vivem alguns anos ja aqui no pais e falam muito pouco ingles e conhecem muito pouco da cultura. Acabam tendo sempre aqueles julgamentos de “recem chegados” que generalizam uma cultura baseados em algumas breves observacoes.

Tudo que posso dizer a estas pessoas e que estao perdendo uma oportunidade de ouro de aperfeicoarem a fluencia no idioma e de se tornarem mais cultas e mais satisfeitas com a vida que levam nesta incrivel cidade. Eu continuarei a procurar por perolas na cidade e tentar superar esta sensacao de frustacao que me assombra desde o dia que vim viver em Londres.

12 comments:

  1. Oi Vladimir, gostei muito do seu ponto de vista e de suas dicas. Pretendo morar em Londres em 2013 e meu maior receio é fazer o que você descreveu em relação as atitudes dos brasileiros "recem chegados". Quem sabe não nos encontramos em algum lugar que não seja comum para turistas.

    ReplyDelete
  2. Muito legal esse texto, isso mostra q tem gente q sai do Brasil e continua pobre de cultura e valores, q bom q vc ve as coisas por outro lado, muitos brasileiros vão para esses paises para levantar o ego deles e dizer pra todos " eu moro em tal lugar" mas não faz nada para crescer cultural, intelectual e moralmente, continuam a msm gentinha do brasil.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigado por deixar um comentario, esperamo que mudem as coisas, nao? abracos!

      Delete
  3. Morro aqui a 9 anos,e o que ele falou e verdade,brasileiro que vem pra fica mais burro ainda,so querm levar vantagens nas coisas,ao golpeadores,foi por isso que me afastei da comunidade brasileira e ate mesmo dos proprios brasileiros.A maioria dos brasileiros aqui nao falam ingles,bom pra quem nao fala nem o portugues correto como vai esperar que fale outro idioma?
    O Brasil ja poderia ser uma super-potencia a muito tempo atras se nao fosse essa quantidade de burros que tem em nosso pais e fora dele.

    ReplyDelete
  4. Visão precisa a sua, vivi por 10 anos nos USA, o mesmo se passa lá, e concordo 100% com você e esses comentários anônimos.
    Abs à vc e à essa linda cidade!!!

    ReplyDelete
  5. Interessante seu post Vladimir. Quero muito morar em Londres, mais para isso preciso de um emprego para me manter ai, sem contar dos documentos necessários para morar em outro pais. Esperança sempre de que um dia eu vou conseguir.

    ReplyDelete
  6. Parabéns pelo Blog Vladimir,
    entendo que realmente cultura vem de berço, e não adianta a pessoa mudar para uma cidade como Londres e achar que só por estar lá (ou melhor ai) as coisas aconteceriam como mágica. Seria como se matricular em um universidade excelente, nunca estudar e esperar que o conhecimento entre na sua mente de maneira mistica. Este pensamento é infantil, medíocre e lamentável. Mais é isso né? fazer o que...? No Brasil temos Gonzaguinha, João Bosco, Chico Buarque, Raul Seixas, e as pessoas (a maioria) os ignoram e preferem ouvir Michel Teló, Funk e outros estilos musicais que vamos dizer, na minha humilde opinião não expressão tão bem a cultura brasileira e entopem a mente de ideologias baratas e falta de bom senso e moral. Mais continue seu trabalho, gosto da maneira que veem narrados os fatos (imparcial). Abraços e boa sorte ai.

    http://kennedypensador.blogspot.com

    ReplyDelete
  7. Vou morar em londres (mais exato manchester) e queria saber se a tanto preconceito como ando lendo. como faço para saber lidar com o dia a dia tão rigoroso para mim. pois tenho 14 anos e sou menino tenho medo de sofrer bullyng pois para eles eu serei uma coisa ! mudanças climaticas , isso tambem me interessa pois deve ser muito dificil se acostumar. alem de ai ser muito belo sei que sorte eu vou ter pois meu padrasto nasceu ai e acho que com isso ele pode me explicar oque e bom e ruim desse lugar . como voce disse so vou complementar , ai tem omo aprender a lingua convivendo ou vou ter que fazer uma escola de ingles? ^^ fico grato lukas ziinger

    ReplyDelete
  8. Olá,muito boa sua publicação.Moro há cerca de dez anos em Lisboa e estava estudando a possibilidade de ir para Londres.A minha dificuldade seria levar meu filho de dois anos,porque sabemos como é viver sem ter apoio de outros familiares...Também dizem que o emprego por aí já não está tão fácil como era antes...por favor, se puder dar alguma dica,por menor que seja,seria muito grata a você!Tudo de bom e boa sorte!

    ReplyDelete
  9. Devo confessar que é aguniante, mas tb deslumbrante!! Londres é uma cidade que te disponibiliza um infinidade de oportunidades. Ainda bem que estaremos aqui para curtir bastante essa terra fria, mas encatadora. Bjs Vladi. Debora Gentil

    ReplyDelete
  10. Eu tenho 17 anos e pretendo ir papa london em breve,eu acredito que muitos brasileiros vão para london esperando uma vida diferente da qual acabam vivemciando,tenho um tia que morou na italia por 3 anos e atualmente vive em london ela foi e viveu durante 4 anos ilegal e nem sabia falar ambas as lingua hj ela vive em london a 10 anos fala inglês e italiano fluentemente devido o seu emprego conheceu toda a europa,devido a sua curiosidade e interesse hj ela vive como um verdadeira londrina va e não se desanime no começo,tenha fé....

    ReplyDelete
  11. Olá, estou indo morar em Londres até o final do ano com minha familia confesso que apesar do medo do desconhecido fico um pouco tranqüilo em ler estes depoimentos. Acredito que sera muito bom principalmente para meus filhos que irão aprender novos idiomas e viver uma outra cultura bem diferente da brasileira.

    ReplyDelete