segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Inglaterra: Um pais que esta mudando

Trabalhando numa agencia imobiliaria que tambem oferece acomodacoes para estudantes percebo que o movimento de brasileios caiu brutalmente nos ultimos 6 meses. Nao e nenhuma novidade que isso iria acontecer por causa das leis mais severas de imigracao e da situacao economica na Inglaterra. Por outro lado, com a valorizacao do real muitos acabam vindo como turistas e nestes casos, nao existem maiores complicacoes para conseguir entrar. Para nao problemas e bom estar bem preparado para provar o que voce diz. A Inglatera deixou de ser um lugar para vir juntar dinheiro ha bastante tempo. Quando o cambio era favoravel ate se conseguia poupar alguma quantia e investir no Brasil, mas hoje, com a libra baixa e os precos no Brasil absurdamente caros, so com muitos anos de trabalho duro se consegue algum investimento rentavel. Embora seja pessoal e relativa essa questao a verdade e que ja e quase unanime a opiniao de que ja se foram os tempos de ouro.

Por outro lado, quem vive aqui sem a intencao de fazer um capital pra investir no Brasil consegue aproveitar a cidade e se educar ja esta cidade oferece um mundo de possibilidades em todas as areas profissionais imaginaveis. O perfil do ingles medio e diferente do norte americano cujo lema segue sendo “time is money” . Nesta pais vive-se para o dia e com uma preocupacao acentuada em relacao a aposentadoria. Para isso a compra de imoveis para futura locacao e renda extra sempre foi uma das opcoes preferidas nesta sociedade. Nao existe um perfil empreendedor como no Brasil onde e natural, como nos Estados Unidos, abrir uma pequena empresa e tentar crescer e fazer fortuna. Como sempre houve emprego disponivel e amplos beneficios a quem nao os tinha, houve uma acomocao natural e aliado a uma cultura de “aproveitar a vida ao inves de se matar trabalhando para enriquecer” esse senso de empreendedorismo ficou inerte e so comeca agora a mudar devido a nova situacao economica do pais. Muitos que estao por perder seus cargos ja questionam a possibilidade de se aventurar numa nova carreira abrindo seu proprio negocio. E interessante observar como a economia interfere direta e rapidamente no modo de ver e pensar das pessoas.E so faltar dinheiro na conta e as dividas aumentarem para que as pessoas reavaliem suas vidas e questionem suas escolhas.

Gostaria de saber como sera este pais daqui ha 10 ou 20 anos. Acredito que sera melhor do que hoje, mas todos terao que se adaptar a um novo estilo de vida muito mais frugal e menos individualista.javascript:void(0)

Nenhum comentário:

Postar um comentário